Envios gratuitos de segunda a sexta-feira

Hortênsias para todos os gostos – vem daí aprender mais!

É certo que já terá visto por aí hortênsias. São uma flor muito comum em Portugal, presente um pouco por todo o país em jardins e parques. Sendo oriunda da China e do Japão, é uma flor muito apreciada no mundo Oriental. Na cidade japonesa de Kamakura existem muitas destas belas flores, principalmente nos templos de Tokeiji e Meigetsuin. 

As bonitas folhas e flores desta planta alegram qualquer espaço onde se inserem. São extremamente procuradas um pouco por todo o mundo por serem bastante resistentes e darem flor durante grande parte do ano.

De onde vem o nome desta planta?

Hortênsia azul

Esta planta é também denominada de hidrângea, que significa ‘bebedora de água’. O nome praticamente indica quais são os cuidados que devemos ter com esta planta, quer no seu estado selvagem ou plantada em vasos. Regar abundandemente e nunca deixar o solo secar por completo. Sempre que o solo estiver ligeiramente seco, deve regar imediatamente.

Curiosamente, aparenta haver uma explicação histórica para o nome dado a esta bonita planta. O Rei Luis XIV de França, que reinou nos séculos XVII e XVIII, gostava muito de flores exóticas e novas. Enviou portanto uma expedição ao Brasil para que lhe trouxessem flores locais dessa região para seu deleito e prazer no Palácio de Versalhes. À chegada ao Brasil, um dos membros da tripulação foi capturado pelos nativos, o que foi bastante dramático. A restante tripulação encetou todos os esforços possíveis e conseguiram resgatar este membro da tripulação. Tal não foi o espanto de todos quando este membro da tripulação revelou ser do sexo feminino! De regresso a França, correu a notícia de que uma mulher se tinha infiltrado na armada de Luís XIV, e o Rei quis conhecer esta valente mulher pessoalmente. Dada a bravura e valentia desta senhora, Luís XIV decidiu denominar a flor recentemente trazida do Brasil de Hortense – o nome desta senhora francesa. Assim, esta flor eternizou-se para a história como hortênsia, e encontra-se hoje espalhada pelos quatro cantos do mundo. Quem diria que um acto tão heróico ficaria marcado na história de uma forma tão simples, mas bonita?

Note-se que esta história, apesar de simbólica, tem muito de verdadeira também. Esta flor é composta pela união de muitas flores pequeninas, que juntas formam um belo cálice colorido de flores. Assim, esta flor é um dos símbolos da união, podendo mesmo ser considerada como a personificação do provérbio popular “A união faz a força!”.

Alpine Essence

A partir de 30,00 €

En Provence

A partir de 30,00 €

Sunday Mondays

A partir de 28,00 €

Abundância em território nacional

 

Em Portugal Continental, é bastante comum encontrarmos esta flor de Norte a Sul do país. Por gostar muito de sol e de um clima húmido, a sua expressão a nível nacional dá-se de uma forma reduzida no Alentejo – devido ao seu clima mais árido e seco – e tem como expoente máximo a zona da Beira Alta e do Douro.

Nos Açores, por exemplo, esta flor é considerada uma espécie invasora da fauna e flora locais, não sendo de todo muito apreciada pelos locais. No entanto, podem apreciar-se muros repletos desta flor ao longe um pouco por todas as ilhas, o que impressiona de sobre maneira os turistas que por ali passam.

Na Madeira, a espécie também é considerada invasora, mas nos Jardins Tropicais do Funchal podemos observar excelentes arranjos, canteiros e padrões conseguidos com a ajuda desta maravilhosa flor.

Hortênsia verde-clara

Cores e o seu significado

Apesar de não existirem numa grande variedade de cores, cada ramo de hortênsias tem um significado diferente. É importante ponderar a mensagem que quer transmitir e escolher um ramo de acordo com a cor predominante do mesmo: 

· Branco: Ramos com esta cor representam paz, gentileza e pureza;

· Rosa: Uma excelente alternativa às rosas vermelhas cliché, ramos de cor rosa podem também simbolizar amor, paixão e romance;

· Roxo: Sinónimo de bom gosto e sofisticação;

· Azul: Amizade verdadeira e duradoura.

Hortênsia bordeaux

A cor das hortênsias é influenciada pelo tipo de solo no qual são cultivadas. Por necessitarem de muita água e de um solo rico em matéria orgânica, a simbiose entre as raízes da planta e o meio ambiente sólido no qual se insere é crucial para a sobrevivência da mesma. 

Os parâmetros químicos do solo onde se planta esta flor são de extrema importância. Pequenas oscilações destes parâmetros têm um grande efeito na flor obtida. Um desses parâmetros é o pH dos solos, com um efeito directo e drástico na coloração e pigmentação das flores desta planta. Solos com pH mais ácido – e portanto, menores valores de pH – irão dar origem a flores de tonalidades azuis e/ou roxas. Por sua vez, solos alcalinos irão dar origem a flores de tonalidade rosa. Juntando carbonato de sódio aos solos, irá conseguir obter uma flor multi-color. Esta propriedade torna esta planta um excelente indicador do pH dos solos, principalmente numa agricultura 100% biológica e orgânica.