Descubra as cinco plantas de exterior mais populares

Gerânios plantados na varanda

Se tem uma moradia com jardim e gostava de lhe dar mais cor, a opção ideal são as plantas de exteriores. Este tipo de plantas caracterizam-se pela sua capacidade de crescimento em condições meteorológicas menos favoráveis e por uma menor necessidade de cuidados mais pormenorizados. No fundo, as plantas de exterior são sinónimo de natureza.

No entanto, sempre que quiser plantar uma nova espécie no seu jardim, será importante estudar as características mais importantes dessa planta, em particular, nomeadamente, como fazer o seu cultivo, em que local a deve plantar, que tipo de rega deve aplicar, quais as principais propriedades que a sua terra deve ter, como deve fazer a sua poda… Entre tantas outras informações que são cruciais para o crescimento saudável da sua planta. 

Para tal, hoje gostaríamos de lhe dar a conhecer as 5 plantas de exterior mais populares e que poderão embelezar qualquer jardim, conferindo-lhe cor e naturalidade. 

Começamos por falar das Hortências. É conhecido que ‘as hortências são as flores mais bonitas a ter no seu jardim’ e, de facto, é uma verdade inegável. No entanto, esta planta tanto pode ser cultivada em terreno plano ou num vaso. Assim está será também uma excelente escolha para a decoração da sua varanda ou terraço. Esta planta de exterior é frequentemente utilizada como planta ornamental, sendo conhecida classicamente por ser uma planta rústica, com uma excelente adaptação a diversos tipos de solo. Uma caraterística muito peculiar e curiosa acerca desta planta é efetivamente a mudança das cores da sua flor, consoante o pH do próprio solo. Em solo ácidos (pH baixo) esta planta florescerá com flores azuis, enquanto que em terrenos alcalinos (pH alto) produzirá flores rosas. Se por acaso tem um solo predominantemente ácido e gostaria que as suas hortências florescessem com flores rosas, um truque que alguns especialidades partilham com os amantes de jardinagem, é a colocação de cascas de ovos triturados junto desta planta, durante o período da muda. Assim, poderá tornar o seu solo mais alcalino e finalmente ter as belas flores em tons de rosa que pretendia. 

Alpine Essence

A partir de 30,00 €

En Provence

A partir de 30,00 €

Sunday Mondays

A partir de 28,00 €

A planta que se segue no top 5 das plantas de exterior é a Prímula, mas conhecida por Primavera do Jardim. Esta planta é originária da Ásia, no entanto é na América do Norte onde é principalmente encontrada. A Primula é um género de plantas que pertence à família das Primulaceace e concebe uma enorme diversidade e variedade de espécies. Esta planta destaca-se em particular pelas suas flores, uma vez que apresenta uma flor de cinco pétalas, possivelmente de diferentes tonalidades desde o rosa, ao violeta, vermelho ou amarelo. Uma característica importante desta planta é a possibilidade de produção e extração do óleo de prímula através da semente desta planta. Esta substância confere imensos benefícios para a saúde, uma vez que é uma fonte rica em ácidos gordos essenciais ómega-6. É geralmente utilizada em situações de doenças inflamatórias crónicas sistémicas, como a dermatite atópica, vulgarmente conhecida por eczema. 

Petúnias plantadas num vaso

A planta que se segue tem um nome de pessoa, Dália. Esta planta é originária do México, sendo até considerada flor nacional, havendo relatos de descrições da mesma em meados do século XVII. Curiosamente, só após 200 anos é que as mesmas foram cultivadas na Europa, na cidade de Madrid. Inicialmente o principalmente interesse nestas plantas era devido às qualidades nutricionais dos seus tubérculos, no entanto, não tardou até que fosse reconhecida pela sua particular floração. As flores desta planta são formadas por várias estruturas denominadas de capítulos florais, permitindo uma inflorescência composta, com flores grandes e cores muito vivas. A dália é uma planta de fácil cultivo, no entanto, deve ter em atenção de que a mesma não cresce em climas de frio extremo. Deve colocá-la num lugar luminoso com um solo rico em húmus e solto, permitindo assim a sua drenagem. 

Plantas coloridas para exterior

Seguimos para a Lavanda, mais conhecida em Portugal por Alfazema. Esta planta é sui generis, ou seja, é única e particularmente especial. É possível identificá-la apenas através do olfato, uma vez que esta tem um cheiro próprio e característico, bastante utilizado a nível comercial em perfumaria e produtos de higiene, como aromatizante e ambientador. Esta planta é nativa da região do Mediterrâneo, havendo relatos do seu uso em diversas áreas desde o Império Romano. 

A última planta que hoje aqui destacamos é a Buganvília. Esta planta é caracteristicamente trepadora. Uma escolha ideia para decorar muros, terraços ou portões. Tanto pode ser cultivada em vaso ou em solo plano, no entanto é importante destacar que deve ser colocada em locais bastante luminosos e em terra com elevada capacidade drenante. Esta planta tem raízes bastante sensíveis, o que faz com que não tolere transplantes. Floresce principalmente durante a primavera e verão, sendo nestas alturas particularmente importante a frequência regular das regas. 

Assim, desta forma apresentamos o top 5 das plantas de exterior que poderá optar por colocar no seu jardim, de forma a torná-lo mais natural, encantador e elegante.

Se continuar a navegar, está a aceitar o uso de cookies + info