Cuidado de plantas: tratá-las bem vale sempre a pena

Plantas para a casa

As melhores coisas da vida precisam de ser estimadas e bem cuidadas. Embora algumas plantas e flores sejam muito independentes, existem outras que requerem uma atenção especial da nossa parte. As plantas que te trazemos hoje podem precisar de regas mais periódicas ou de um ambiente mais especial. Ainda assim, continuam a exigir menos de ti do que aquilo que têm para te dar. Afinal, podem ser ideais para decorares a tua casa, para purificares o ar do teu quarto e casa-de-banho, e para te sentires mais à vontade no teu jardim. Sem te pedirem quase nada, elas dão-te muito. Por isso, hoje vamos falar-te acerca dos cuidados de plantas que deves ter com algumas espécies. Podem exigir um bocadinho mais de esforço e dedicação para crescerem fortes e saudáveis. Um pequeno preço a pagar para poder usufruir daquilo que de melhor a natureza tem para nos dar.

 

Noções importantes para tratares das tuas plantas

 

Tal como acontece com os seres humanos, cada planta é única e tem por isso necessidades únicas. Mas no que toca ao cuidado de plantas, existem algumas regras gerais que podes seguir e que se aplicam a quase todas elas. 

O fator mais importante para que as tuas plantas cresçam fortes e saudáveis é o da rega. Um dos erros mais comuns das pessoas que têm plantas é o da rega excessiva. Demasiada água pode fazer mal às tuas pobres plantinhas, que nunca pedem mais do que aquilo que necessitam. Está atenta à maneira como as tuas plantas reagem aos períodos de rega, e lembra-te que quase todas as plantas requerem apenas 2/3 regas semanais para sobreviverem. Além disso, é importante adaptares a quantidade de água que usas à estação do ano. Tal como nós, as plantas transpiram menos durante os meses frios, pelo que o Outono e o Inverno são uma boa altura para colocares menos água no regador.

Lua

A partir de 20,00 €

Lara

A partir de 27,00 €

Miranda

A partir de 24,00 €

Luz, vaso e drenagem

Fundamentais são também a exposição à luz, o vaso, e a drenagem. O primeiro varia muito de planta para planta. O ideal mesmo é tentares perceber que nível de exposição melhor se adequa a uma planta para interior no momento em que a compras. Desta forma, podes colocá-la logo num poiso húmido ou seco, dependendo da planta. O vaso, parecendo que não, também faz parte da vida das nossas plantinhas e flores. Uma dica importante passa por mudar as plantas que compras para um novo vaso após a aquisição. Se elas ficarem no mesmo vaso onde foram compradas, é provável que murchem mais rapidamente.

Finalmente, não te esqueças da drenagem, que é um aspeto fundamental. Se tens plantas, seguramente sabes do que estamos a falar. Aqueles pratinhos de barro ou plástico que se colocam por baixo do vaso têm uma função essencial. Eles servem para que a água em excesso possa escoar, evitando desta forma o apodrecimento da raiz. Uma planta que não pode ser drenada é como um ser humano que está preso num espaço apertado. Ela não poderá ‘respirar’, e vai acabar por ser sufocada pelo excesso de água proveniente da rega.

Algumas plantas que exigem cuidados especiais

A Costela de Adão, para além de ser uma planta que encaixa na perfeição em qualquer sala de estar, é perfeita para aprenderes mais sobre o cuidado de plantas. As suas folhas precisam de ser limpas ocasionalmente, algo que podes fazer com recurso a uma esponja ou pano húmido. Além disso, precisa de ser regada 4 vezes por semana durante os meses de maior calor. Como planta originária de regiões húmidas, a Costela de Adão não gosta de muita exposição solar. Além disso, deves evitar colocá-la junto de uma parede, já que adora trepar e crescer sem parar, e pode acabar por danificá-la.

Outra planta que é maravilhosa para decorares a tua casa, mas que exige certos cuidados, é a Ficus lyrata. Conhecida pelas suas folhas largas de um verde vivo, esta planta não exige muita luz nem muita água. Contudo, precisa de ser mudada para um novo vaso após a aquisição e pode crescer de forma relativamente lenta. Para além disso, não te vai dar nenhum outro problema. Não precisas de a regar muitas vezes, e deves até evitar regá-la em excesso. Se vires que a terra do vaso está húmida, então é sinal que podes deixar a rega para o dia seguinte.

Finalmente, não podíamos deixar de referir a alocasia, outra planta decorativa de excelência. Muito resistente a pragas e perfeita para ambientes escuros e semi-húmidos, a alocasia é uma planta bastante sensível à luz. Procura nunca a expor ao Sol durante mais do que alguns minutos, já que é muito tímida e adora esconder-se à sombra. Fora isso é um mimo de cuidar, e uma perfeição em qualquer cozinha ou casa-de-banho.

Cuidado de plantas

15% DE DESCONTO

Estás à espera do que para aproveitares o teu ramo de flores ou planta favorita?

Código: SEOPT15